Bacharel no paraíso alums Astrid Loch e Kevin Wendt ficam muito felizes enquanto se preparam para embarcar em um novo capítulo juntos, como pais de primeira viagem. A notícia do bebê vem depois de uma longa e desafiadora jornada até a concepção.

Com apenas 12 semanas de gravidez, Loch disse à People exclusivamente que chegar a esse estágio foi “bastante fácil” em comparação com “todas as dificuldades” que o casal enfrentou enquanto tentava engravidar no meio da pandemia do coronavírus.

“Na verdade, fizemos IUIs (inseminação intra-uterina) antes de fazer a fertilização in vitro (fertilização in vitro). Fizemos dois ciclos com isso”, disse Loch, 31 anos. “A fertilização in vitro é muito mais invasiva, então estávamos tentando seguir esse caminho no início e, em seguida, durante o nosso segundo ciclo, acabamos tendo uma gravidez ectópica. … Acabei tendo que tomar medicamentos para interromper a gravidez ectópica, e então isso atrasou nossa coisa toda por mais dois meses e meio. “

RELACIONADO: Quem é o próximo? Celebridades que estão esperando

“Você não pode tentar [to conceive] depois disso porque os remédios que você toma para encerrar são muito fortes. É basicamente como um medicamento para o câncer que eles administram para eliminar todas as células vivas. Então, não poderíamos tentar entrar em nosso ciclo de fertilização in vitro por quase três meses “, acrescenta ela.

A decisão de buscar métodos não tradicionais veio depois que o casal “passou um ano tentando” e “percebeu que simplesmente não estava funcionando”, diz Wendt, que revela que eles começaram a fertilização in vitro uma semana antes do Natal passado. Na verdade, o mês que vem faz um ano desde que foram pela primeira vez a uma clínica de fertilidade.

Astrid Loch e Kevin Wendt

Loch observa que foi um processo “demorado”, durante o qual ela foi obrigada a tomar injeções de fertilização in vitro que eram “realmente duras para o corpo” e visitar a clínica duas a três vezes por semana sozinha devido aos regulamentos do COVID-19. A experiência também foi difícil para Wendt, que no final das contas teve de esperar que sua futura esposa retransmitisse as informações que ela recebeu na visita do médico. Consequentemente, houve “muitos dias” que provaram ser opressores para a dupla, disse Loch.

Você vai aceitar esta rosa? Inscreva-se para PESSOASBoletim informativo semanal gratuito da Bachelor Nation para obter as últimas notícias sobre The Bachelor, The Bachelorette e tudo mais.

“Passamos muitas noites em lágrimas porque simplesmente não entendíamos por que não estava funcionando para nós”, diz Wendt. “Quando você está crescendo, você sempre aprende a não engravidar e sempre parece tão fácil engravidar na TV. Então você realmente tenta e é realmente muito complicado. Há muitas pessoas passando por uma luta semelhante. Isso pode realmente trazer você para baixo quando tudo o que você vê é o que há de positivo na Internet. “

Wendt também aponta que “por ser uma coisa tão privada, muitas vezes você não conhece as lutas que os casais estão realmente passando para tentar engravidar”.

Durante os tempos difíceis, um fator que ajudou a dupla Bachelor Nation a seguir em frente foi permanecer otimista. “Eu realmente percebi que somos o tipo de pessoa meio cheia de vidro”, disse Loch. “Obviamente demorou um pouco [for me to get pregnant] mas eu acho que em todas as coisas, se nós víssemos um teste de gravidez negativo ou algo não estivesse dando certo ou o que seja, nós realmente éramos bons em não tentar, tipo, ferver por muito tempo. “

Astrid Loch e Kevin Wendt

RELACIONADO: Bacharel no paraísoKevin e Astrid sobre Finding Love, Moving in and More

A futura mamãe continua: “Nós apenas tentamos pensar, tipo, ‘Ok, bem, se houver um teste negativo, quando tentamos novamente?’ Nós realmente tentamos ser tão orientados para o futuro, em vez de nos deixar abater demais sobre isso. “

Loch e Wendt se conheceram durante a 5ª temporada de Bacharel no paraíso, que foi ao ar no final de 2018. Embora tenham terminado seu relacionamento antes do final da temporada, a dupla se reconciliou logo depois e anunciou seu noivado em agosto de 2019.

O casamento deles foi inicialmente definido para 2020, mas a pandemia COVID resultou no casal adiando suas núpcias para novembro de 2021. Agora, eles estão adiando a cerimônia mais uma vez por causa da data prevista para o nascimento de seu bebê, que é um dia antes da data marcada para o encontro marcado.

“Como o casamento continuaria sendo adiado, pensamos ‘Ok, bem, não quero esperar cinco anos para ter um bebê. Vamos apenas tentar ter um antes do casamento'”, diz Wendt, observando que eles farão “empurrar o casamento um ano inteiro.”

Por enquanto, Loch e Wendt – que decidiram esperar até a chegada de seu filho para aprender o sexo do bebê – estão esperando para conhecer seu filho. “Estamos ficando muito animados diariamente”, diz Wendt. “Acho que está tudo mais leve por aqui.”

Loch também compartilhou as novidades do bebê no Instagram Domigo. “Um sonho tornado realidade”, escreveu ela. “Uma das primeiras conversas que @ kevin.c.wendt e eu tivemos foi sobre como nós amamos crianças e mal podíamos esperar para ter as nossas. Quando penso em Kev segurando nosso anjinho pela primeira vez, meu coração dispara. em meus sonhos mais loucos, eu não poderia imaginar como tudo isso seria incrível. “

Loch acrescentou: “Para todos os casais que estão tentando engravidar, meu coração está com vocês. Sabemos em primeira mão como pode ser difícil ver esses tipos de postagens e nos sentirmos tristes e desanimados. Nós também lutamos com a fertilidade e a concepção natural – é a coisa mais difícil pela qual já passamos e mal posso esperar para compartilhar mais sobre como chegamos aqui. Mas hoje é finalmente sobre algumas boas notícias e esperamos que você possa aproveitá-las conosco. “

Fonte