O comediante Chris D’Elia foi processado na terça-feira por supostamente solicitar fotos nuas de uma garota de 17 anos.

De acordo com reclamação, arquivado em um tribunal federal de Los Angeles, D’Elia buscou e recebeu mais de 100 imagens e vídeos explícitos da garota ao longo de vários meses.

Mais da Variety

O processo também diz que ele pediu que a garota fosse a um de seus shows e depois fizesse sexo com ela. Enquanto faziam sexo, de acordo com o processo, ele perguntou sua idade e ela revelou que ainda estava no ensino médio. Ele respondeu que isso era “quente”, afirma o processo.

Posteriormente, o processo alega que D’Elia continuou a pressioná-la a enviar fotos explícitas. O processo também afirma que D’Elia iria manipulá-la emocionalmente, cobrindo-a de atenção quando ela obedecesse, mas ameaçando cortá-la se ela recusasse.

O processo acusa D’Elia de violar os estatutos federais de pornografia infantil e exploração sexual infantil.

D’Elia foi acusado pela primeira vez de buscar fotos explícitas de adolescentes em junho passado, depois que apareceu na segunda temporada de “You” no Netflix. No programa, ele interpretou um comediante que abusa sexualmente de meninas adolescentes.

No momento, D’Elia disse que “nunca perseguiu intencionalmente nenhuma mulher menor de idade em nenhum momento”. Mas ele também se desculpou por qualquer coisa que possa ter feito para ofender, dizendo que se deixou levar por seu próprio estilo de vida.

No mês passado, ele lançou um vídeo no YouTube reconhecendo que “eu tenho um problema”. Ele disse que estava “fazendo o trabalho” para ser um modelo melhor para seu filho e que estava em recuperação.

O melhor da variedade

Inscreva-se para Boletim informativo da Variety. Para as últimas notícias, siga-nos no o Facebook, Twitter, e Instagram.

Fonte