Howard Stern critica pessoas que recusaram a vacina COVID-19 e estão indo para hospitais.

Howard Stern critica pessoas que recusaram a vacina COVID-19 e agora estão indo para hospitais. (Foto: Getty Images)

Howard Stern fez seus pensamentos muito claro sobre as pessoas que recusam a vacina COVID-19: “Foda-se eles.”

Stern, que conhece bem suas opiniões polêmicas, protestou contra antivaxxers em seu programa SiriusXM esta semana.

“Pelo que me lembro, quando fui para a escola, você tinha que tomar a vacina contra o sarampo. Você tinha que tomar a vacina contra a caxumba … Quando vamos parar de tolerar os idiotas deste país?” ele disse nas terças The Howard Stern Show. “Foda-se eles. Foda-se a liberdade. Quero minha liberdade de viver. Quero sair de casa já. Quero ir para a casa ao lado jogar xadrez. Quero ir tirar algumas fotos. Isso são touros ***. “

O atleta de choque de 67 anos acrescentou: “A outra coisa que odeio é que todas essas pessoas com COVID que não serão vacinadas estão nos hospitais entupindo-o”.

Stern sugeriu que as pessoas que optassem por não tomar a vacina deveriam ter o tratamento recusado.

“Vá se foder”, disse ele. “Você tinha a cura e não queria.”

Stern também protestou contra seu pares conservadores que morreu de COVID-19.

“É muito engraçado quando esses rádios, os caras do rádio são os melhores … quatro deles morreram, quatro deles ficaram gritando no ar que não vão ser vacinados. Eles estavam pegando fogo, esses caras. dia, eles estavam todos morrendo, e então suas palavras finais são ‘Eu gostaria de ter participado mais da vacina. Eu gostaria de tê-la tomado’ “, declarou ele.

O antigo co-apresentador de Stern, Robin Quivers, entrou na conversa, dizendo que ela tem “problemas para angariar compaixão” para “pessoas tão estúpidas”.

“Eu também”, concordou Stern.

“Onde eu tenho aquele clipe daquele Marc Bernier, o cara que morreu?” Perguntou Stern, referindo-se ao radialista de direita que se autodenominou “Sr. Anti-Vax. ”

“Sim, ele está morto”, disse Stern. “Ele não anda mais.”

Stern ainda é tendência na quinta-feira por causa de seus comentários.

Fonte