o Universo Cinematográfico Marvel começou humildemente com o primeiro filme do Homem de Ferro em 2008, que se transformaria em uma trilogia mais tarde. Depois disso, alguns outros super-heróis foram introduzidos lentamente, como Capitão América e Thor. Com o tempo, o universo cinematográfico continuou crescendo com mais e mais personagens e mais e mais filmes sendo introduzidos até que, eventualmente, o MCU acabou fazendo o maior evento de crossover da história cinematográfica na forma de Vingadores: Ultimato, que acabou se tornando um dos Top 3 filmes de maior bilheteria de todos os tempos.

Agora o universo é tão grande como sempre foi e continua crescendo. O universo se diversificou e deixou de ser exclusivamente no formato de filme para se ramificar também em séries de TV. Enquanto alguns fãs estão absolutamente em êxtase por ter tanto conteúdo disponível, outros estão criticando o MCU dizendo que ficou grande demais para seu próprio bem.

Damon Lindelof, o criador de Watchmen da HBO, criticou o MCU de maneira semelhante, dizendo que com tantos novos projetos entrelaçados sendo anunciados e lançados ao mesmo tempo, o valor dos projetos singulares por si só é reduzido.

Enquanto alguns podem concordar, o próprio MCU Mark Ruffalo não parece pensar que é o caso. O ator defendeu o MCU com as seguintes palavras ao falar com Metro:

“Não é algo que me preocupe. Eu entendo que essas coisas seguem seu curso e então outra coisa vem. Mas a coisa que a Marvel fez bem é que, dentro do MCU, assim como eles fazem com os quadrinhos, eles deixam um diretor ou um ator meio que recria cada peça com seu próprio estilo, sua semelhança. A Marvel geralmente permite que eles tragam isso para o material. Se você assistir a um Guerra nas Estrelas, terá praticamente a mesma versão de Guerra nas Estrelas todas as vezes. pode ter um pouco de humor. Pode ter um pouco de animação diferente. Mas você está sempre, realmente, nesse mesmo tipo de mundo. Mas com a Marvel você pode ter um sentimento totalmente diferente, mesmo dentro do Universo Marvel.”

Mark interpreta o personagem de Bruce Banner AKA Hulk no MCU desde 2012 e não há dúvida de que sua lealdade ao universo cinematográfico não vacilou.

Fonte