Quando se trata de tópicos de conversa no jantar de Ação de Graças, o apresentador de “The View”, Joy Behar, definitivamente acha que política e religião deveriam estar na mesa. E já que estamos nisso, Behar também acha que todos que precisam devem usar este Dia de Ação de Graças como o momento de assumir suas famílias.

Durante o episódio de quarta-feira, as mulheres discutiram se durante o jantar se deveria falar sobre política e, em caso afirmativo, como deveria ser abordada. O moderador Whoopi Goldberg brincou que isso deveria acontecer bem no final – diga o que você quer e depois saia pela porta. Mas Joy Behar argumentou que deveria ser mais aberto.

“Gosto de falar de política no Dia de Ação de Graças. Eu faço. Estou interessado no assunto ”, observou Behar, provocando uma falsa surpresa da co-apresentadora Sara Haines. “Eles sempre dizem para não falar de política ou religião. O que é mais importante do que isso? Esses são tópicos interessantes. O quê, você vai perguntar à vovó se ela ainda está ovulando? “

Depois que Whoopi notou que algumas avós no mundo ainda podem estar ovulando, Behar seguiu seu conselho de jantar um passo adiante.

“E posso sugerir – gostaria de sugerir que todo mundo lá fora viesse para sua família neste Dia de Ação de Graças”, disse ela. “Apenas saia. Veja o que acontece! ”

O resto das mulheres parecia um pouco surpreso com o desafio, com Whoopi pedindo a Behar para esclarecer exatamente o que ela queria dizer com “sair”. E sim, ela quis dizer exatamente o que parecia.

“Saia gay. Se você é gay, saia. Significa ser você mesmo autêntico ”, disse Behar. “Já estou com idade, sei que a vida é curta, porque foi assim (encaixe). Eu digo que você deve ser você mesmo, esta é a minha filosofia de vida. ”

Com isso, as mulheres concordaram por unanimidade, cada uma reiterando que todos devem sempre se sentir confortáveis ​​para serem eles próprios.

Fonte