O astro porto-riquenho Manny Manuel está em condições estáveis ​​após dois acidentes de carro na véspera de Natal.

Na quinta-feira, o cantor, nascido Cruz Manuel Hernández, foi transportado para um hospital após um segundo acidente – horas depois de atingir um poste de luz aparentemente sob a influência de drogas, disse a polícia porto-riquenha em um comunicado obtido pela PEOPLE.

Após o primeiro acidente, pouco depois da meia-noite, o jovem de 48 anos foi transportado para o Hospital Memonita de Caguas, onde foi feito um exame de sangue para verificar os níveis de álcool. Ele foi libertado e a polícia ainda aguarda os resultados.

Então, mais tarde naquela manhã, a cantora bateu novamente em uma barreira de concreto. Ele “foi transportado para urgência médica” ao Centro Médico de Rio Piedras e está em condição estável, segundo o comunicado.

RELACIONADOS: Quavo do Migos surpreende a namorada Saweetie com Bentley personalizado no Natal: ‘Obrigado, baby’

Um oficial da polícia disse a um outlet porto-riquenho El Nuevo Día que ele tinha “razões bem fundamentadas” para acreditar que Manuel estava sob influência durante o primeiro acidente.

“Ele estava ciente do que estava fazendo. E temos boas razões para pensar que ele estava bêbado ”, disse ele ao outlet.“ Ele foi aconselhado a ir a um hospital para ser avaliado porque esse tipo de colisão pode causar ferimentos ”.

A série de acidentes de carro aconteceu alguns dias depois de Manny Manuel ter feito manchetes por se apresentar como gay.

“Estou em paz, calmo, sem nenhuma carga de consciência”, disse ele Primera Hora como ele saiu, antes de adicionar. “Eu vivia acorrentado, com fita adesiva na boca, porque de certa forma [my father] foi a primeira pessoa de quem vi aquela rejeição, que eu era mau, então quando saí para a rua com a sensação de que estava fazendo algo errado, foi horrível. “

VÍDEO RELACIONADO: A esposa dele foi morta por um motorista distraído – e ele honrou a memória dela por um homem perdoador que bateu nela

Durante o verão, o cantor entrou na reabilitação para tratar seu alcoolismo e disse ao outlet neste mês que continua tratando.

“Desta vez tenho sido mais agressiva com o meu tratamento e estou mais tranquila, não me importo, não tenho vergonha de dizer que sou uma pessoa com problema mental, porque o álcool não é um vício, vai mais longe”. disse ele. “Não posso dizer o que me leva a beber álcool, mas quero ver se [being in the closet] tem a ver com isso. “

O cantor de merengue é responsável por sucessos como “Si Una Vez”, “A Pedir Su Mano” e “Rey de Corazones”.

Se você ou alguém que você conhece está lutando contra o vício, entre em contato com a linha de ajuda para abuso de substâncias da SAMHSA no telefone 1-800-662-HELP.

Fonte