Piers Morgan revelou que testou positivo para COVID-19.  (Foto: Jonathan Brady / PA Images via Getty Images)

Piers Morgan revelou que testou positivo para COVID-19. (Foto: Jonathan Brady / PA Images via Getty Images)

Piers Morgan compartilhou que recentemente testou positivo para COVID-19 e acredita que pegou a variante Delta no Wembley Stadium de Londres durante a final do Euro no início deste mês.

O jornalista de 56 anos, que recebeu as duas doses da vacina Astra-Zeneca, tinha uma passagem para o jogo Inglaterra x Itália que contou com diversos torcedores invadir o estádio para assistir ao jogo.

“Minha confiança de que o evento seria ‘seguro para COVID’ havia se desintegrado,” Ações da Morgan em Correio no domingo. “Estava se transformando em um vale-tudo não regulamentado.”

O antigo Bom dia grã-Bretanha O anfitrião disse que começou a se sentir mal dois dias depois da derrota da Inglaterra e fez um teste de fluxo lateral, que deu positivo. Um teste de PCR de acompanhamento também retornou um resultado positivo.

Ele escreve que seus sintomas incluíam febre, suores frios, tosse e dores “alarmantes” no peito, embora já tenham diminuído.

“Esta é definitivamente a pior sensação de qualquer doença na minha vida adulta, MAS, conforme eu lentamente saio do outro lado, tossindo e cuspindo, ainda estou aqui – ao contrário de tantos milhões ao redor do mundo que perderam suas vidas para COVID nesta pandemia “, acrescenta.

Morgan credita sua sobrevivência à vacinação.

“Por isso, tenho uma dívida sincera de agradecimento aos brilhantes cientistas de Oxford que criaram a vacina Astra-Zeneca com velocidade surpreendente”, escreve ele.

Fonte