A apresentadora da MSNBC, Rachel Maddow, ganhou seu primeiro prêmio Grammy, conquistando a vitória no domingo na categoria de Melhor Álbum de Palavras Faladas.

A especialista recebeu o prêmio pela versão do audiolivro de seu livro de 2019 “Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the richest, most Destructive Industry on Earth”, que explora o impacto e a influência das empresas de combustíveis fósseis nos governos mundiais, especialmente aqueles conectado ao primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin.

Os outros indicados ao lado de Maddow no campo deste ano foram o guitarrista do Red Hot Chili Peppers, Flea, por suas memórias “Acid for the Children”; Ken Jennings e Alex Trebek pelo falecido “Jeopardy!” o livro de memórias do apresentador “The Answer Is …”; Ronan Farrow por “Catch and Kill”, seu livro sobre a investigação das alegações de agressão de Harvey Weinstein; e um audiolivro do clássico romance infantil de EB White, “Charlotte’s Web”, narrado por Meryl Streep.

Maddow se junta a uma lista de vencedores na categoria que inclui Barack e Michelle Obama, Jimmy Carter, Jon Stewart, Stephen Colbert e Carrie Fisher.

Parabéns Vencedor do álbum de Best Spoken Word – ‘BLOWOUT: CORRUPTED DEMOCRACY, ROGUE STATE RÚSSIA E A INDÚSTRIA MAIS RICA E DESTRUTIVA DA TERRA’ @maddow#GRAMMYs

ASSISTA AGORA ⬇️––#GRAMMYPremiere https://t.co/RxyLdKA9Hv

– Recording Academy / GRAMMYs (@RecordingAcad) 14 de março de 2021

Leia a história original Rachel Maddow ganha o Grammy de melhor álbum de palavras faladas No TheWrap

Fonte