SOPHIE, uma produtora e musicista pop de vanguarda, morreu aos 34 anos.

“Tragicamente, nossa linda Sophie faleceu esta manhã após um terrível acidente”, gravadoras Transgressive and Future Classic escrevi em um comunicado compartilhado nas redes sociais na manhã de sábado.

“Fiel à sua espiritualidade, ela escalou para ver a lua cheia e acidentalmente escorregou e caiu”, continua a declaração. “Ela sempre estará aqui conosco. A família agradece a todos por seu amor e apoio e pede privacidade neste momento devastador.”

Um representante do músico confirmou a o Guardião que SOPHIE morreu por volta das 4h em sua casa em Atenas, Grécia.

SOPHIE lançou o single de estreia “Nothing More to Say” em 2013 e ganhou destaque depois de lançar os singles seguintes “Bipp” e “Lemonade”.

O álbum de estreia do músico aclamado pela crítica, Óleo de cada interior de PEarl, foi lançado em 2018. O álbum foi nomeado para melhor álbum dance / eletrônico no 61º Grammy Awards.

SOPHIE também trabalhou com Madonna, co-escrevendo a música “Bitch I’m Madonna” de 2015 e colaborou com Charli XCX, Kim Petras e mais.

A artista, que era transgênero, também se abriu sobre a identidade de gênero, durante entrevista em 2018 com Papel Revista.

“Transness está assumindo o controle para colocar seu corpo mais em linha com sua alma e espírito, para que os dois não lutem um contra o outro e lutem para sobreviver”, disse SOPHIE. “Isso significa que você não é mãe ou pai – você é um indivíduo que está olhando para o mundo e sentindo o mundo. E de alguma forma é mais humano e universal, eu sinto.”

RELACIONADOS: Celebridades que morreram em 2021

“Notícias de partir o coração. O mundo perdeu um anjo,” escrevi cantor Sam Smith. “Um verdadeiro visionário e ícone de nossa geração. Sua luz continuará a inspirar muitas gerações por vir. Pensando na família e amigos de Sophie neste momento difícil.”

“Sophie é incrível. Sua música é a trilha sonora de alguns dos meus momentos mais queridos e seu impacto no mundo é aparente”, Aquaria, vencedor da 10ª temporada de RuPaul’s Drag Race escrevi em outra homenagem. “O imenso talento, influência e existência de Sophie nunca serão esquecidos. Obrigado por tudo.”

“RIP SOPHIE”, acrescentou o cantor Rina Sawayama. “Você era o mais doce – um ícone e um visionário. o mundo e nossa comunidade perderam uma bela alma.”

“Sophie foi uma produtora estelar, uma visionária, uma referência. Ela se rebelou contra a sociedade restrita e normativa por ser um triunfo absoluto, tanto como artista quanto como mulher,” escrevi Chris de Christine e as Rainhas. “Não acredito que ela se foi. Precisamos honrar e respeitar sua memória e legado. Valorize os pioneiros.”

Fonte